Please reload

Posts Recentes

3 Motivos Para Investir em Inbound Marketing

October 31, 2017

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Os erros mais comuns de quem quer começar um ecommerce

September 6, 2018

 

Amadorismo é um dos grandes vilões do processo de implantação

 

Atendo clientes em comunicação corporativa desde 2010, me concentrando em Marketing Digital desde 2016, quando finalizei o curso de Planejamento de Mídias Digitais na FGV/SP. Primeiramente, atuando na construção de websites e gestão de redes sociais, já havia percebido certa dificuldade em encontrar clientes dispostos a investir em comunicação digital de forma profissional. Perdi potenciais clientes para “sobrinhos” (jargão para amadores em TI), estagiários em comunicação ou TI e outros profissionais sem formação específica na área, que se arvoram, principalmente, a construir e gerir páginas em redes sociais. Nada contra, todos têm um lugar ao sol, mas precisam se preparar, precisam estudar o que irão oferecer. Remetendo-nos, então, ao título, o mesmo amadorismo no desenvolvimento e gestão de websites e redes sociais de alguns anos atrás, se repete no desenvolvimento de ecommerces. Na ânsia de se fazer economia a qualquer custo, várias empresas e pessoas, que querem adentrar o universo das vendas online, patinam ou vão patinar no comércio virtual, justamente porque começam errado, tentam economizar aonde mais deveriam investir: no planejamento e profissionalismo do seu ecommerce, que passa pela contratação de uma consultoria para diagnosticar o mercado, para indicar a melhor plataforma, pela contratação de profissionais gabaritados para a correta inserção de produtos, contratação de fotógrafo especializado (a perfeita apresentação dos produtos é fundamental, já que o cliente não os vê fisicamente), campanhas de marketing digital estrategicamente direcionadas ao público alvo, análise constante de métricas, SEO, conteúdo atrativo (Inbound Marketing), enfim, o desenvolvimento de um plano de negócios amplo com objetivos claros e possíveis de serem alcançados. Na internet, pipocam receitas milagrosas de se ganhar dinheiro com ecommerce, mesmo sem ter uma loja virtual, basta ter os produtos e começar a vender. Simples assim! De fato, hoje em dia, com o advento dos Marketplaces e plataformas de gestão e integração de estoque (ERPs) com as grandes lojas virtuais, é possível sim realizar vendas online sem a necessidade de se ter uma loja virtual, e obter sucesso. O problema é que, pela simplicidade que se apresenta a operação – que não é nem um pouco simples –, milhares de empresas querem a mesma coisa e grande parte delas se frusta, ou por baixas vendas ou por baixíssima margem de lucro. Isso porque Marketplaces atendem a determinadas categorias de produtos, onde, geralmente, o diferencial é o preço. Portanto, quem tem um produto diferenciado, de alta qualidade, ou único, como um artesanato extremamente trabalhado, ambos de custo elevado pelo que envolvem de mão de obra e material, e sem o amparo de uma marca forte, está fatalmente fadado a não ter venda ou a fazer uma venda ruim. Ao contrário, empresas que detém grande estoque de produtos com alto giro e bons preços, estas sim, podem concorrer no ambiente extremamente competitivo dos Marketplaces. E há muitas ganhando dinheiro com essa operação, provavelmente, porque planejaram e estudaram muito bem o ambiente onde iriam concorrer.

No caso das lojas virtuais, com tantas plataformas disponíveis, algumas gratuitas, o que se vê, com certa frequência, são profissionais de outras áreas se dispondo a fazer algo para o qual não tiveram a devida formação. Volta-se aqui ao “meu sobrinho vai fazer para mim”. E o que acontece na maior parte das vezes pra quem começa assim é a frustração do “não deu certo”! Não deu certo, porque não houve planejamento, porque não houve pesquisa de mercado, não houve a escolha do produto e fornecedor correto – condição imprescindível quando não se é o próprio fabricante. Não deu certo porque não se contratou os profissionais qualificados para o pleno desenvolvimento do ecommerce que, tendo bom começo, boa gestão no meio, não terá o fim, normalmente desastroso, e com rastro de dívidas, de quem começou errado. Vendas online crescem vertiginosamente – aumentaram mais de 12% só este ano -, portanto têm tudo para ser sim uma grande oportunidade de se ganhar dinheiro. Mas tem que ter investimento. Tem que começar certo!

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Fale Conosco

Orçamento sem compromisso

basta preencher o formulário ao lado, informando-nos qual serviço é de seu interesse.

Fale Conosco

Fone/WhatsApp (16) 9.9194 1806

 

e.mail

junior@personalcomunicacao.net.br

Rua Uruguai, 1419 - Franca/SP

Jardim Consolação - CEP 14400-060

CNPJ 15.408.342/0001-12

Desde 2012